Conheça a Amec.

A Associação de Investidores no Mercado de Capitais – Amec – foi criada em 26 de outubro de 2006, numa iniciativa de investidores institucionais financeiros e independentes, com o objetivo de defender os direitos de acionistas minoritários e estimular o desenvolvimento do mercado brasileiro de ações. Para atingir estes objetivos, a Amec promove debates e discussões entre seus associados, obedecendo a estritas normas de governança interna, incluindo controle de conflitos de interesse. Os temas são discutidos na Comissão Técnica, e posteriormente submetidos a decisões da Diretoria Executiva e do Conselho Deliberativo. Ao longo dos seus 6 anos de atuação, a entidade converteu-se no principal fórum de discussões entre investidores institucionais a respeito de práticas de governança corporativa e direitos dos investidores em empresas brasileiras, na linha das mais recentes recomendações ao redor do mundo (como o Kay Report, do Reino Unido). Em paralelo, os posicionamentos da Amec têm adquirido cada vez mais o  reconhecimento de investidores, empresas e reguladores, pela relevância e independência.

Hoje a Amec reúne 57 investidores institucionais, locais e estrangeiros, que possuem mandatos de investimento no mercado brasileiro de ações de aproximadamente R$ 400 bilhões.

Visão

O desenvolvimento do mercado de capitais passa, necessariamente, pelo respeito, proteção e ampliação dos direitos dos acionistas minoritários.

Missão

Defender os direitos dos acionistas minoritários de companhias abertas brasileiras, tendo como base a promoção de boas práticas de governança corporativa e a criação de valor para as empresas.

Valores
  • Atuação independente, sem beneficiar interesses particulares de seus associados
  • Embasamento econômico e jurídico em seus pronunciamentos, alicerçados nas análises e recomendações elaboradas pela Comissão Técnica da Associação;
  • Consenso nas decisões da Diretoria, apoiadas na maioria dos votos de seus membros.

A Diretoria Executiva é composta pelos Vice-presidentes e pelo Presidente Executivo, Mauro Rodrigues da Cunha.

Cartas do Presidente

17 de janeiro de 2017
Carta/AMEC/Presi n° 15/2016

Divulgação da lista de acionistas por empresas de capital aberto.

12 de dezembro de 2016
Carta/AMEC/Presi n° 14/2016

Ações superpreferenciais.

07 de novembro de 2016
Carta/AMEC/Presi n° 12/2016

Deturpação dos objetos sociais de empresas abertas.

Comunicado ao Mercado

Acesse a versão em PDF COMUNICADO AO MERCADO: Assembleias em dezembro 17 de dezembro de 2015 – A ASSOCIAÇÃO DE INVESTIDORES NO MERCADO DE CAPITAIS – AMEC – faz saber aos participantes… leia mais →
Acesse a versão em PDF 19 de março de 2015 – A ASSOCIAÇÃO DE INVESTIDORES NO MERCADO DE CAPITAIS – AMEC – faz saber aos participantes do Mercado de Capitais que seu… leia mais →
Acesse a versão em PDF 11 de Março de 2015 – A AMEC – Associação dos Investidores no Mercado de Capitais – vem a público se manifestar sobre os eventos… leia mais →
Fórum Amec de Investidores 2015
Fórum Amec de Investidores 2015: Forma X Essência – Os Desafios de Investir no Brasil

Em 2015, houve a transformação do seminário anual em Fórum Amec de Investidores, com o intuito de conferir ao evento a possibilidade de ampliação dos debates entres os participantes. “Forma X Essência – Os Desafios de Investir no Brasil” foi o tema do Fórum que contou com o Ministro do Superior Tribunal de Justiça, Ricardo Villas Bôas Cuevas; Bill McGrew, diretor da Calpers – administradora de benefícios de saúde e aposentadoria nos Estados Unidos e Michelle Edkins, chefe de governança da BlackRock, consultoria americana de investimentos (via videoconferência). Clique aqui e acesse os vídeos do evento.

Em 2013 a entidade realizou a 6ª edição do Seminário, sob o tema “Democracia Corporativa – Direitos e Deveres de Acionistas e Empresas” em um formato inovador, interativo, onde foram discutidas as melhores práticas utilizadas pelas companhias na comunicação com o mercado. O evento contou ainda com palestrantes internacionais, que discutiram histórias de ativismo ao redor do mundo e suas lições para mercado brasileiro.

O 5º Seminário Anual da Amec, que foi realizado no dia 7 de novembro de 2012, em São Paulo, proporcionou um dia inteiro de debates sobre os desafios das corporations no Brasil aos mais de 200 participantes. Contamos com um público extremamente qualifica-do e com a primeira participação pública do novo Presidente da CVM – Comissão de Valores Mobiliários –, Leonardo Pereira.

O 4º Seminário, realizado em 2011, abordou o tema “Mercado Brasil: a Retomada da Agenda Positiva”. O objetivo foi desenvolver, durante o evento, a retomada da agenda positiva da governança corporativa no País, por meio de propostas concretas.

Em 2010, a 3º edição do evento trouxe ao público presente o mote “O Papel das Estatais no Desenvolvimento do Mercado de Capitais”, visando promover um debate positivo sobre o tema, com propostas que contribuem para a evolução da governança corporativa em companhias controladas pelo governo.

E foi em 2009, com a realização do 2º Seminário Amec, que a entidade deu o ponta pé inicial para a criação do CAF – Comitê de Aquisições e Fusões – apresentando o tema “Seminário Internacional Takeover Panel e as Incorporações no Brasil”, Na ocasião, contamos com representantes das respectivas instituições inglesa e australiana. Esse evento foi o catalisador para a questão do Takeover Panel no Brasil.

Amec_Lamina_2013-3
2012, 5º Seminário Amec: O Desafio das Corporations

A idealização do prêmio tem por objetivo incentivar publicamente as empresas que aderem às melhores práticas de governança corporativa, proporcionando visibilidade positiva e divulgação ao evento corporativo considerado exemplar pelos associados da Amec. O Prêmio Amec de Eventos Corporativos reflete a opinião coletiva dos associados elegíveis da entidade.

A Valid S. A. foi a vencedora da primeira edição do prêmio, que foi entregue no 5º Seminário Amec.

A Localiza foi a vencedora da segunda edição do Prêmio Amec de Eventos Corporativos, entregue no final do 6º Seminário Amec.

Em 2015, os associados da Amec julgaram que nos 12 meses que antecederam o evento não houve uma transação societária que fosse digna de destaque. Ainda assim, a instituição mantém firme seu propósito de estimular que as empresas façam boas transações.

Inspirado no Takeover Panel inglês, o CAF – Comitê de Aquisições e Fusões – une Amec, Anbima, BM&F Bovespa e IBGC para criar uma entidade autorreguladora, que prestará auxilio importante em reestruturações societárias e operações de fusões e aquisições que tantos problemas têm gerado para os investidores. Em longo prazo, trata-se de uma iniciativa que pode se igualar ao Novo Mercado como ferramenta de aprimoramento de nossas instituições. A Amec orgulha-se de participar deste esforço.

Para mais informações sobre o CAF, acesse www.cafbrasil.org.br.

A Amec interage constantemente com órgãos reguladores e autorregulador, com destaque para a CVM – Comissão de Valores Mobiliários. Além de diversas contribuições e manifestações enviadas ao órgão, a Amec participa de discussões para aprimorar os processos de representação, presença e voto nas assembleias de nossas empresas.

Nosso objetivo é que estes conclaves se tornem cada vez mais relevantes e democráticos, com a real possibilidade de monitoramento das companhias por parte de seus acionistas. Registramos a excelente disposição da CVM em ouvir os participantes do mercado, e a Amec não tem se furtado a essa interação.

Através de sua Comissão Técnica, a Amec debate os principais assuntos que afetam os investimentos em empresas abertas brasileiras. Desta forma, se constitui talvez no principal fórum de debates institucionais a respeito de direitos de acionistas minoritários, tanto relativos às operações em andamento, como aos projetos de longo prazo que visem a melhoria do ambiente de negócios do Brasil.
A Amec é parte de uma série de iniciativas multinacionais para debates relativos às práticas de governança corporativa. Em 2012, a associação patrocinou um café da manhã no Congresso do ICGN, que permitiu grande interação entre investidores brasileiros e internacionais preocupados com o mercado brasileiro. Da mesma maneira, contatos com o IFC, OCDE, GCGF, The Take Over Panel e outros tem contribuído para aumentar a efetividade e a visibilidade das ações da Amec.

Associe-se

Back to Top

Área do associado Amec