Representações Amec.

representacoes-amec-01

 

 

Entidade Órgão Representante Amec Descrição
ANBIMA Conselho de Ofertas Fábio Coelho (Presidente-Executivo) A função do Conselho é instaurar e julgar processos, emitir deliberações e pareceres de orientação acerca dos Códigos de Regulação e Melhores Práticas da ANBIMA.
APIMEC

Conselho de Supervisão de Analistas

Jorge Simino O órgão é composto por nove membros que, entre suas competências, julgam processos administrativos instaurados para apurar desvio de conduta de analistas de valores mobiliários, além de orientar o trabalho da Superintendência de Supervisão do Analista de Valores Mobiliários – SSA. A Apimec é a entidade autorreguladora da profissão de analista, estando autorizada pela CVM a promover o credenciamento de mesmos, nos termos da Instrução CVM 483, de 6.07.2010.
B3 Câmara Consultiva de Estatais Fábio Coelho (Presidente-Executivo) As Câmaras Consultivas foram criadas para garantir interlocução constante com os participantes dos mercados B3. Em 2009, as Câmaras passaram por aperfeiçoamentos importantes, como a ampliação do número de participantes, que atualmente gira em torno de 450 pessoas. Ainda foram criadas a Câmara Consultiva do Mercado Imobiliário e a Câmara de Negociação e Tecnologia.
B3 Câmara Consultiva de listagem Fábio Coelho (Presidente-Executivo) As Câmaras Consultivas foram criadas para garantir interlocução constante com os participantes dos mercados B3. Em 2009, as Câmaras passaram por aperfeiçoamentos importantes, como a ampliação do número de participantes, que atualmente gira em torno de 450 pessoas. Ainda foram criadas a Câmara Consultiva do Mercado Imobiliário e a Câmara de Negociação e Tecnologia.
CFRSN Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional Ana Paula Zanetti “Conselhinho”, é órgão de deliberação colegiada, integrante da estrutura do Ministério da Fazenda (MF), composto por oito conselheiros (quatro representantes indicados pela administração pública – dois nomes escolhidos pelo MF, um pelo Bacen e um pela CVM – e outros quatro de entidades de classe do mercado financeiro).
CODIM Comitê de Orientação para Divulgação de Informações ao Mercado Daniela Zolko
Renato Vetere
O Comitê tem o compromisso de oferecer orientação e sugestões às companhias abertas, profissionais de relações com investidores, analistas de investimentos, investidores, administradores de recursos, dentre outros, a respeito das alternativas mais adequadas de divulgação de informações para um público que é bastante diversificado e deve exigir cada vez maior qualidade, transparência, tempestividade, acessibilidade e detalhamento desses dados.
GNIA Rede Global de Associações de Investidores Fábio Coelho (Presidente-Executivo) Em 2013, o ICGN instituiu a GNIA como uma colaboração internacional de organizações lideradas por investidores com interesse comum na promoção dos direitos e deveres dos acionistas. A rede aumenta a capacidade das associações nacionais de compartilhar prioridades relacionadas à governança além das jurisdições locais para uma audiência internacional, contribuindo assim para os esforços de reforma da governança global. A rede é representada por entidades de países como a Austrália, Brasil, Canadá, Hong Kong, Itália, Malásia, Holanda, Reino Unido e EUA. O presidente da rede é Mauro Cunha, da Associação de Investidores no Mercado de Capitais – AMEC.
IBGC Comissão de Comunicação e Mercado de Capitais Renato Vetere A Comissão aborda as melhores práticas de Governança Corporativa visando a comunicação efetiva com o mercado, como a divulgação de relatórios e informações, além de contemplar questões relacionadas aos responsáveis por departamentos de relações com investidores.
ICGN International Corporate Governance Network Fábio Coelho (Presidente-Executivo) Maior rede mundial de investidores preocupados com governança corporativa. Seus associados administram recursos superiores a USD 18 trilhões, incluindo os principais gestores e fundos de pensão do mundo.
Back to Top